Archive for the ‘Conclusão’ Category

h1

Conclusão

novembro 30, 2008

Embora os bairros tenham povos de diferentes etnias, nota-se que muito da história destes bairros possui semelhanças entre si. Além de possuírem o mesmo nome, que é uma homenagem à Independência do Brasil, os dois bairros possuem características muito singulares como:

  • Bairro ter sido palco de importantes fatos históricos;
  • Composição geográfica como relevo e solo parecidos (antigas fazendas transformadas em residências e comércios);
  • Imigração para o país para servir de mão de obra nas plantações e fazendas;
  • A esperança de ter uma vida melhor após a independência (abolição da escravatura e a saída das fazendas e cafezais);
  • Diversidade cultural e religiosa no local;
  • Semelhanças na forma de dar oferendas aos deuses da religião pátria;
  • A criação de jornais para divulgar as novidades do bairro;
  • Existência de associações culturais que perpetuam a cultura de origem;
  • Uma feira intitulada de “Feira do Japão” em Salvador;
  • A presença de artesanatos, berimbaus, acarajés e carrancas em alguns locais do bairro em São Paulo;
  • Largos e praças utilizados para realização de eventos culturais;
  • Instalação de comércios para garantir o sustento;
  • Local de visita obrigatória aos turistas que desejam aprender e visitar as entidades que divulgam as culturas;
  • Ruas estreitas e muito movimentadas;
  • Além de provar que, essas duas etnias após sofrerem tanto, conseguiram deixar e permanecer o legado cultural e histórico de suas raízes.

 

Já as diferenças são mais notadas em particularidades como o tipo de deus cultuado, a forma de se relacionar com as pessoas (timidez X espontaneidade), a organização e o rigor dos japoneses em tudo o que fazem, a displicência em Salvador, dentre outros.

Esperamos que este trabalho contribua para uma visão mais abrangente sobre os dois bairros. Que desperte a curiosidade de perceber as semelhanças e diferenças destes povos de culturas tão ricas. Que através do olhar fotográfico captado por nós, seja acrescentado algo em cada visitante da exposição ou quem lê este material escrito.

Anúncios